03/07/2010

A saga crepúsculo: Eclipse


Cansativo e sem ação. Acho que com essas duas palavras consigo resumir a maior parte das mais de 2 horas do terceiro filme da saga crepusculo. O filmes literalmente começa e termina no mesmo lugar, na verdade o mesmo lugar onde os outros 2 filmes tiveram seu climax tambem, um campo florido no alto da montanha.
Tenho que reconhecer que não gostei dos primeiros filmes, mas a possibilidade de ver uma luta entre lobsomens e vapiros( mesmo os lobsomens sedo apenas cachorros bombados e os vampiros homens com porpurina no corpo) é muito tentadora, desta forma entrei na sala de cinema sem qualquer preconceito quanto ao filme, mas realmente não consegui qualquer motivo para elogia-lo.
A história mais uma vez aborda a relação de Bella e Edward como temática princial, o triangulo formado por esse dois e o lobsomen Jacob, em terceiro plano mas muito evidenciado esta a vida sexual de Bella e no fundo de tudo temos uma luta, de talvez 5 minutos, entre um exercito de vampiros recem criados contra o Clã dos Collen que uniram-se aos Lobsomens. No meio desses temáticas mais voltadas para o romance teen de uma menina se formando no segundo grau que tem que escolher entre o vampiro e o lobsomen não pensem que temos muito espaço para qualuqer outra coisa. O diálogo entre Bella e o pai sobre virgindade e qualquer tentativa de relaçao carnal entre ela e Edward é tao ridícula que lembrei na hora de American Pie.
Dentro desses 3 anos da serie a unica coisa que mudou foi a forma de contrar a história de cara vampiro do clã dos Collen, os efeitos estão mais elaborado, mas para que efeitos para contar uma historia que temos perfeitamente em malhação???
A cena em que os lobos chegam para treinar com os Collen e os meros 5 minutos de lutas são as melhores cenas, mas estando muito longe de salvar todo o resto. Fora isto as demais cenas são pura enrrolação para voltarmos aos poemas e compos floridos.
O filme chega quase a manchar a ideia de lobsomens e vampiros em uma tela de cinema, afinal a história se passaria muito bem se o amor de Bella estivece dividido entre o rapaz bonitinho, branquelo e rico filho do médico e o pobre, bruto, moreno, filho do lenhador, o fato deles seram vampiros ou cachorros grandes é um mero detalhe, afinal isso não tem qualquer importancia no filme. Não posso esquecer uma cena fantastica entre Bella e seus dois amores que pereceu “momento Brokeback Mountain”, com direito a cabana e tudo.
As meninas definitivamente gostarão de ver o ex-shark boy sem camisa, quase que o filme todo, ou o menino meigo e gentil que é o vampirinho porpurinado, afinal de contas os gritos agudos que ecoavam pela sala de cinama a cada cena dos dois era quase que irritante.
Como eu falei, entrei no cinema sem preconcietos para ver esse filme, mas acabei saindo de la com a certeza que meus penssamentos primários não estavam errados e o pior é que teremos mais dois filmes.
Com certeza a melhor coisa desse filme foi a vitória do Uruguai sobre Gana.
468x60

6 comentários:

Vocês Vão Ter Que Engolir [Responder Comentário] disse...

zahuzhauzhau (não consegui não rir no fim do post)
Eu assisti ao filme tbm, e achei que a melhor cena foi o inicio (achei bem impactante), tirando isso, não resta nada do filme pra mim. Me passou muito a idéia do "comercial" (escreveu essa continuação só pra ganhar mais dinheiro). Não li o livro, mais o filme, achei que se a victoria não tivesse morrido (ai contei o fim), o filme não serviria pra nada mesmo, pois todos os acontecimentos nascem e morrem no proprio filme (ou seja, quase não me senti em uma SAGA), o amor foi o elemento principal (ao meu ver) mais tbm nada surpriendente, já sabiamos que Jacob gostava da bela, e bela de edwart. Tirando a bela que pôde tirar uma lasquinha do lobo com o proprio edwart vendo, o romance se basea nas briguinhas adolescente dos lobsomens contra vampiros. Os volture (dakota) não serviram pra nada, ela ganhou um cachê (que não deve ser baixo) pra fazer duas cenas de nada. A luta (que realmente durou uns 5 mim) só serviu para tentar dar uma ação no fim, mais mesmo assim pra mim não rolou.
Achei o primeiro filme (podre), o segundo (já me chamou a atenção um pouco mais), o Terceiro (tirou minha vontade de ver o quarto), mais é isso, achei a historia sem graça, e posso dizer que se tivessem matado a victoria no segundo filme, o terceiro não precisaria ser realizado e já teriamos visto o fim da Saga Crepusculo!
Estou mesmo é esperando pelo Harry Potter, que vai ser realmente FODA, e 3D. Mais é só em novembro então vamos ter que esperar!
Abraços.

Rebecca [Responder Comentário] disse...

Não vi problemas em sua critica não. Gosto bastante dos livros mas é como voce disse: não gostei dos primeiros filmes. Não foi a toa que demorei mais de um ano pra ver Crepúsculo, que estragou minha visão quanto ao livro. Em Lua Nova, percebi uma leve melhora. E como eu já postei no meu blog, eu gostei bem mais desse terceiro, a primeira cena foi realmente boa e quanto a luta, eu sentia a tensão da minha irmã na cadeira do lado e não dá pra negar que me fez lembrar uma parte da emoção que senti quando li o livro.
E também ri no fim do post, kkkkkkkk
mas sim, os filmes são comerciais, assim como os livros!

peripécias da copa [Responder Comentário] disse...

Resumindo esse filme foi uma sessão de tortura q n acabava nunca!!
ODIEI!!!!

Isabel Lessard [Responder Comentário] disse...

Não me conformo com vampiros brilharem. Puta merda!

Rosane Luzes disse...

Nunca vi tanta coisa ruim como esses filmes, moçinho com cara de guey , realmente uma tortura.

rosane luzes disse...

Nunca vi tanta coisa ruim como esses filmes. Sem falar no mocinho com cara de travesti. Não da pra engoli.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails